Sarnin Berrux

Voltar

Maison Sarnin-Berrux é uma ave rara na Borgonha. Este négociant com sede em Saint-Romain decidiu produzir apenas vinhos naturais. Começando em 2007 com uma produção modesta de vinhos brancos, e agora têm uma produção anual de cerca de 15 000 garrafas entre brancos e tintos.

Jean-Pascal Sarnin deixou o seu trabalho com finanças em Paris em 2007 para ficar mais próximo de sua família, se juntando a Jean-Marie Berrux, que tem um background similar, tendo trabalhado na área de comunicação e publicidade até 1999, depois se dedicando à carreira vinícola, tendo trabalhado com enólogos consagrados no Jura e na Borgonha.

Eles são focados no desenvolvimento sustentável e no respeito ao meio ambiente, buscam produzir vinhos de alta qualidade, naturais e vivos, a partir de uvas que compram de vinicultores orgânicos.

Os vinhos são produzidos de forma tradicional e ancestral, mas com a ajuda de tecnologias modernas: assim, respeitam as uvas tanto quanto possível, limitando o manuseamento das uvas, utilizando equipamentos modernos, continuando no caminho da mínima intervenção, sem uso de qualquer produto enológico (exceto a adição de uma pequena dose de sulfitos antes do engarrafamento caso necessário).

É com muito respeito pela vindima que optam por fazer apenas uma prensagem pneumática no processo e se dedicar a uma vinificação sem adição de sulfitos, leveduras artificiais, enzimas, etc. A mesma filosofia se aplica durante o processo de envelhecimento dos vinhos, que é feito com o vinho em contato com as borras, até um único bombeamento antes do engarrafamento.

Dessa forma produzem vinhos focados na pureza das uvas, na expressão das apelações de onde se originam, com respeito pelo meio ambiente e no perfeito conjunto de tradição e modernidade, um trabalho de dedicação e amor ao vinho, que se refletem nos incríveis cuvées que produzem.

X
Tudo certo

Vinho Adicionado ao carrinho

Ver Carrinho
Continuar Comprando