Garrada do vinho Dia dos Pais, Paixão pela Borgonha
R$716,00
R$572,80


Se seu pai assim como nós ama a Borgonha, acho que você dará o melhor presente que ele já ganhou de dia dos pais! Um Borgonha Branco e um Tinto.

Domaine Chavy Chouet Bourgogne Blanc Les Femelottes 2020

O Bourgogne Blanc Les Femelottes 2020 vem de 3ha de vinhas espalhadas em cinco parcelas com idade entre 15 e 60 anos adjacentes aos crus da vila de Puligny-Montrachet.

Romaric se diz feliz com a safra de 2020 por ter conseguido pelo menos produzir um pouco de vinho já que seus rendimentos ficaram ao redor de 25hl/ha. Os baixos rendimentos na Pinot aconteceram pelo stress hídrico que caracterizou essa safra enquanto a Chardonnay sofreu um pouco menos, mas, mesmo assim não forneceu frutos suficientes. A colheita aconteceu entre 20 e 27 de agosto e o resultado foi uma fruta limpa e madura que praticamente não precisou de sortimento tamanha a qualidade.

As uvas são prensadas e depois permanecem no tanque por três ou quatro dias antes de passarem por gravidade para os barris. Há um batonnage leve – apenas três ou quatro vezes até a fermentação principal terminar. Em média utilizam-se de 10% de carvalho novo. Os vinhos são engarrafados após cerca de 10 meses.

A colheita é manual, feita por 30-40 catadores – eles precisam de cerca de dez dias para cobrir toda a propriedade.

No nariz tem um lindo buquê com aromas de maçãs, casca de laranja e pêssego. Na boca é bem equilibrado, sedoso, toque de cera, com um fino fio de acidez, um delicioso toque de limão e um final de boca extremamente rico e complexo.

Burghound: aqui há o toque defumado com aromas maduros de frutas brancas de pomar e nariz com raspas cítricas. Há boa tensão e delineamento para os sabores deliciosos que oferecem densidade e profundidade. 86

Vinous: um elegante buquê, elegante e perfumado com toques de pêssego e raspas cítricas. Na boca é extremamente harmonioso com uma fina e deliciosa acidez e os 10% de madeira nova acrescentando essa discreta cremosidade no final. Tudo o que você espera de um Borgonha Branco, e um pouco mais. 90

 

Domaine Chavy Chouet Bourgogne Rouge La Taupe 2019

O Bourgogne Rouge La Taupe vem de uma parcela de vinhas antigas de 2ha, de mais de 70 anos de idade, composta de solo argiloso, localizada logo abaixo do Clos du Château de Pommard.

Romaric descreve a safra de 2019 como atípica já que um período quente e seco fez com que alguma das vinhas parassem durante a temporada. A preocupação com as geadas fez com que as tochas fossem acesas e que as turbinas eólicas fossem acionadas para dissipar o ar pesado e húmido. A floração foi conturbada e os padrões de maturação não foram heterogêneos fazendo com que a decisão da data de colheita fosse crucial para um bom desempenho! Em 6 de Setembro Romaric decidiu começar sua colheita e foi um sucesso com uma fruta madura e limpa, mas, com diversos vinhedos com redução de até 50% do normal.

As uvas são totalmente desengaçadas, prensadas e depois permanecem no tanque por três ou quatro dias antes de passarem por gravidade para os barris. Há um battonage leve – apenas três ou quatro vezes até a fermentação principal terminar. Em média utilizam-se de 10% de carvalho novo. Os vinhos são engarrafados após cerca de 10 meses.

No nariz tem um bouquet com aromas de cerejas, morangos e com finas notas florais de pétalas de rosa. Na boca tem corpo médio, com deliciosos sabores de frutas vermelhas silvestres, com boa mineralidade e fina acidez, com um leve toque de rusticidade no final de boca, com boa persistência.

Burghound: Aromas maduros de cereja vermelha e escura, especiarias e nuances de terra introduzem sabores mais leves que possuem boa vibração, embora haja uma leve tensão no final jovem, austero e rústico. 86

Vinous: Aromas de frutas vermelhas e pimentão vermelho. Na boca tem corpo médio com fruta vermelha crocante e com boa harmonia e um final com tensão e linear. 87

Região

Borgonha

Safra

2020

R$716,00
R$572,80